30 de outubro de 2012

3

ARTE NATALINA REUTILIZANDO BOTÕES


Enfeites Natalinos Feitos com Botões
Enfeites Natalinos Feitos com Botões. Com diferentes cores e tamanhos de botões, alfinetes e uma bola de isopor a artesã confeccionou estes belos enfeites natalinos. Para quem ainda está fazendo a decoração de natal fica mais uma dica de como fazer belos artesanatos, utilizando o que você já tem em casa e sem gastar quase nada.
Enfeites Natalinos Feitos com Botões
Enfeites Natalinos Feitos com Botões
Continue com as tradições do natal de uma forma reciclada e original. Para fazer esta bota, foi colado centenas de botões coloridos sobre um tecido recortado no formato de uma bota, e uma fita de cetim para pendurá-la.
veja mais sobre os enfeites natalinos feitos com botões no site cacareco.net
0

NATAL ECOLÓGICO - RECICLANDO


Enfeite suas árvores de Natal com lindos ornamentos feitos com lâmpadas recicladas.
Com as lâmpadas queimadas você pode reutilizar e fazer lindo artesanato para decoração de Natal.
Veja como dar um novo uso para as lâmpadas recicladas na decoração de Natal, e criar anjos de Natal, Boneco de neve e uma infinidade de enfeites com lâmpadas usadas.
Se inspire com essas lindas idéias de artesanato de Natal com lâmpadas recicladas, da criativa Amanda Crafts para fazer em casa.
Artesanato reciclado que fica bonito para decorar e nosso Planeta agradece !
Veja os materiais para fazer os bonecos de neve:
-  lâmpada queimada
- álcool
- tinta acrílica branca
- cordão dourado ou fita
- meia velha de criança ou gorrinho de feltro
- material de sucata
- dois botões
- 4 palitos
- algodão ou enchimento
- cola quente
- tesoura
- marcador preto
Enfeite pinguim de Natal feito com lâmpada reciclada
O gorrinho foi feito com meia de criança.
Bonecos de Neve feito com lâmpadas recicladas, lindo enfeite ecológico de Natal.
Enfeite anjo de natal feito com lâmpadas usadas
Material para fazer o anjinho de lâmpada:
- lâmpada queimada
- álcool
- tinta acrílica na cor branca, rosa e pele
- cordão dourado ou fita – fio de ouro de artesanato
- cortadores de fio
- punhado de pequenas flores de seda branca
- material de sucata de ouro
-  algodão ou enchimento
- três flores brancas de plástico ou iridescentes
- rendas de cortina com um padrão floral
- 1 par asas de anjo branco de nylon
- cola quente – tesoura
- marcador preto

FONTE: cacareco.net
0

ENFEITES DE NATAL FEITO DE LÂMPADAS


Arranjo de porta
Esse enfeite usa aquelas lâmpadas incandescentes transparentes e é uma boa dica para ser feita com os alunos em escolas. Para isso você pode usar lâmpadas já queimadas e aproveitar também os esmaltes velhos.
Material necessário:
  • variados;
  • 1m de fio de nylon (linha de pescar);
  • esmalte de unha cremoso vermelho, esmalte com gliter vermelho e removedor de esmalte;
  • adesivo instantâneo;
  • pincel fino;
  • tesoura;
  • potinhos que sirvam de apoio para as lâmpadas (a boca do potinho deve ser um pouco maior do que o soquete da lâmpada, para poder encaixar).
  • tintas relevo metálicas nas cores amarela, prata e ouro;

  • 4m de fita de cetim vermelha com 0,5cm de largura, 1,5m de fita de cetim vermelha com 2 cm de largura e 1,5 m de fita de organza com borda dourada, com 2 cm de largura;
  • lâmpadas incandescentes transparentes de tamanhos 

  • Como fazer:
    Primeiramente forre a mesa onde vai trabalhar, pois o esmalte é de difícil remoção. Se desejar, use um avental para proteger a roupa. Se for utilizar lâmpadas usadas, lave-as e seque-as muito bem, eliminando toda a sujeira. Se precisar, dilua os esmaltes com acetona até que fiquem bem fáceis de aplicar;
    1- Pinte a lâmpada grande e a média com o esmalte vermelho; pinte as outras lâmpadas com o esmalte com gliter;
    2 – Dê uma segunda demão em todas as lâmpadas: na lâmpada média, dê a segunda demão de esmalte com gliter (sobre o esmalte vermelho). Espere secar bem entre uma demão e outra;
    passo 1passo 2
    3 – Com o bico do tubo da tinta relevo ou com um pincel fino, faça desenhos nas lâmpadas. Como a tinta relevo demora mais para secar, use os potinhos como suporte para as lâmpadas. Enquanto isso faça os fios de miçangas;
    passo 3passo 3
    4 – Corte cerca de 40 cm do fio de nylon. Coloque uma miçanga pequena e dê dois nós sobre ela, para firmar as outras miçangas. Vá colocando as miçangas no fio até atingir cerca de 20 cm. Na última miçanga, repita o nó da primeira, para evitar que o fio se desfaça.
    Você ficará com dois pedaços de fio de cada lado (que sobraram dos nós que foram dados). Um deles (o maior) você usará para prender o fio ao arranjo e o outro você deve passar por dentro das miçangas, de modo a escondê-lo (não o deixe com menos de 2 cm, pois o nó do fio de nylon se abre facilmente quando o fio é cortado rente);
    passo 4
    5 – Quando a pintura estiver completamente seca cubra os soquetes das lâmpadas com fitas. Pegue a fita de 0,5 cm e corte 4 pedaços de 60 cm. Estes pedaços servirão para enrolar o soquete e fazer o fio que prenderá a lâmpada. Divida o restante da fita em 4 partes iguais (você obterá partes com cerca de 40 cm cada), que servirão para arrematar o soquete.
    6 – Pegue um pedaço de 60 cm e comece a enrolar no soquete, deixando uns 3 cm para fazer o nó. Enrole todo o soquete e faça um nó. Você ficará com duas partes de fita, saindo do nó. Uma delas será bem longa e servirá para prender a lâmpada no cacho, e a outra, com cerca de 3 cm, pode ser aparada;
    passo 5passo 5passo 6passo 6
    7 – Pingue uma gota de adesivo instantâneo em um dos lados do soquete, acima do nó e, com ajuda do cabo do pincel (para não colar os dedos), pressione contra ela a fita maior. Esta parte ficará para trás, portanto tenha o cuidado de deixar o lado brilhante da fita para frente;
    8 – Com um pedaço de fita de 40 cm, dê um laço na parte da lâmpada que ficará para frente. Repita esse procedimento com todas as lâmpadas.
    passo 7passo 8passo 8
    9 – Junte todas as lâmpadas num cacho e dê um nós nas fitas, ajeitando de forma que as lâmpadas não fiquem todas na mesma altura. Desta forma, depois do nó você terá a sobra de alguns fios mais comprida do que de outros.
    passo 9
    10 – Prenda os fios de miçangas no nó das fitas e dê outro nó;
    11 – Pegue a fita de organza e a fita de cetim e sobreponha-as (deixe a fita de organza por baixo). Com ambas, dê um nó firme logo abaixo do nó do cacho de lâmpadas. Dê um laço firme e corte as pontas das fitas.
    passo 10
    12 – Escolha os dois fios mais compridos que sobraram do cacho e dê um nó bem próximo à ponta deles, formando a alça que servirá para pendurar o arranjo. Os demais fios podem ficar soltos.
    passo 12
    0

    ARVORE DE NATAL FEITO DE FITAS


    Enfeites Natalinos
    Enfeites Natalinos só não faz quem não quer afinal ideias é o que não falta. Aqui uma mini árvore de natal feita com tecido e pode ser feito também com E.V.A. Você pode colocar na porta, pendurar na árvore de natal ou onde mais a criatividade mandar.

    Enfeites Natalinos

    Enfeites Natalinos.
    Enfeites Natalinos
    Veja mais sobre os enfeites natalinos no site www.sonholilas.com.br
    2

    ENFEITES DE NATAL FEITOS DE PALITO DE SORVETE.




    Os anjinhos foram confeccionados basicamente com palitos de sorvete. Quer saber como fazê-los? Fique ligado no passo a passo!
    Você vai precisar de:
    • Palitos de sorvete
    • Tinta guache branca, cor de pele e marrom
    • Retalhos de EVA na cor branca, prateada ou dourada
    • Fio metalizado para pendurar
    • Tesoura forte
    • Cola branca escolar
    • Pincel chato pequeno
    • Fio metalizado mais largo (cerca de 0,5 centímetro ou menos de largura) para fazer a auréola que vai na cabeça
    • Bolinha de isopor ou de madeira com cerca de 2,5 centímetros de diâmetro
    Modo de fazer:
    Primeiro, pinte a bolinha que vai representar a cabeça. Faça o cabelo e os olhinhos. Deixe secando e vá confeccionando os demais passos.
    Junte três palitos de sorvete e atrás deles, na emenda de cada um, cole mais dois palitos para formar o corpo do anjo.
    Em cima, na parte da frente cole duas metades de palitos para representar os bracinhos.
    Em baixo, na parte de trás, cole dois pequenos pedaços de palito para fazer os pés.
    Pinte toda essa estrutura com a tinta branca. Com a tinta cor de pele, desenhe os pés e as mãos.
    Usando o EVA, faça as asas e a estrelinha que vai na roupa. Cole tudo no corpo do anjo.
    Agora, cole também a cabeça que já estava pronta.
    No topo da cabecinha, aplique o fio metalizado mais fino para pendurar.
    Na testa, coloque o fio metalizado mais espesso. Pronto!

                                                                                             PRESÉPIO
    Material: Palito de sorvete.
                                                                Tinta acrílica, ou canetinha
                                                               Cola
                                                          Gliter para fazer o anjinho, ou algum restinho de enfeite de natal dourado.

                                                     Pode ser feito tambÉm com tecido as roupinhas.

    Fonte:What to expect

    MAIS ENFEITES DE NATAL  FEITOS DE PALITOS DE SORVETE.

    Natal - Enfeites com Palito de Sorvete


    Muito criativo esses enfeites feitos com palitos de sorvete. Adorei a idéia e vou adotá-la em minha árvore de Natal.





    14 de outubro de 2012

    0

    Mesa Halloween



    fica a dica....
    e boa festa!!!!

    0

    ELABORANDO UMA FESTA HALLOWEEN


    Decoração: Abóbora cortada em forma de uma cara assustadora com uma vela dentro; tudo bem roxo,preto e laranja; espalhe vassouras e pegadas de papel pela festa e uma panela grande para ser caldeirão; tudo à luz de velas com caveiras e insetos de mentira.

    Fantasias: Fantasias "assustadoras" de fantasma, bruxos, duendes, vampiro, zumbi, lobo, gato preto, esqueleto...

    Diversão: A brincadeira da maçã (numa bacia ou outro recipiente grande).
    Coloca-se algumas maças e as pessoas devem apanhar usando só a boca; pregar peças e receber doces;

    Prova do caldeirão
    Teste a memória da galera com a brincadeira do Caldeirão da Bruxa. 
    Faça uma roda com as pessoas que estão a fim de participar. Quem começa deve dizer: "Eu sou uma bruxa. No meu caldeirão eu coloco...", e dá o nome de um ingrediente qualquer (legal tarântula ou dente de trasgo moído). A pessoa que estiver à esquerda deve repetir o que já foi dito, adicionando outra ingrediente, e assim por diante. Os nomes não podem ser repetidos. O jogo precisa ter um juiz para anotar a seqüência da receita. Assim fica fácil saber quando alguém errar.

    Caça ao tesouro (ou castigo)!
    Esconda aranhas de plástico, miniabóboras e morceguinhos pela casa e pelo jardim. A galera deve procurá-los e juntar num saquinho. Antes de começar a brincadeira, defina o valor de cada coisa. Por exemplo: a aranha vale um pirulito; a abóbora, um castigo; o morceguinho, um beijo da dona da festa... É claro que o pessoal só vai saber o valor de cada coisa no final.

    Papo assustadorContar histórias de terror é uma tradição na festa das bruxas. A turma deve formar um círculo e sentar no chão. Para todo mundo entrar no clima, apague a luz, deixando apenas uma lanterna acesa no centro da roda, e coloque uma música de suspense. Alguém então começa a contar um história de terror do tipo: "Era um vez uma mulher que se parecia muito com uma bruxa e vivia numa casa abandonada. Todas as noites..." Aí, a pessoa pára e quem está à sua direita continua a história a partir daquela ponto, até chegar a um final assustador. Que tal um castigo assombroso para quem não fizer a sua parte direitinho? Ou talvéz assistir a um filme de terror?



    Bebidas: Dê preferência a refrigerantes (fanta laranja e uva, coca-cola...) e bebidas de cores roxas, vermelhas e pretas (batida de sangue vampiresca, ponche de vampiro e sangue de morcego).

    Receitas:

    Batida de sangue vampiresca

    É preciso:2 iogurtes naturais;
    1 pacote de morangos (ou amoras) congelados.
    Cubos de gelo;
    Sorvete de morango.

    Como fazer:
    1 – Misture tudo na batedeira e depois adcione os cubos de gelo.
    2- Coloque nos copos

    Ponche de vampiroMisture no liquidificador 2 litros de H2OH, 1 garrafa de suco de uva e 200 ml de xarope de groselha.
    Coloque na geladeira.


    Sangue de morcego
    O que precisa:
    - 5 morangos médios lavados
    - 1 copo de soda limonada
    - Açúcar a gosto

    Como fazer
    Bata todos os ingredientes liqüidificador e sirva.

    Comida: Pipoca, dentadura-bala, coxinha, balas, sanduíche fantasma, cemitério maldito, dedos de bruxa e etc...!

    Receitas:

    Sanduíche fantásmaPegue um pão de forma sem casca e corte as laterais(pontas) da parte de cima dele.
    Faça outra silhueta e monte o sanduíche com queijo e presunto.
    “Cole” com manteiga dois pedacinhos de azeitona pará fazer de olhos do fantásma!


    Cemitério maldito
    - Recorte o brownie em retângulos
    - Coloque calda de chocolate
    - Cubra com açúcar verde ou granulado colorido
    - Corte biscoitos de maisena ao meio e enfie no alto dos bolinhos

    Dedos de bruxaO que precisa- Salsichas- Amêndoas sem pele - Ketchup
    Como fazer
    1. Cozinhe as salsichas em água fervente por cerca de 5 minutos.
    2. Deixe esfriar e corte as salsichas ao meio.
    3. Com a ponta de uma faca, faça cortes pequenos e superficiais nas salsichas, formando os nós dos dedos.
    4. Para fazer a unha, enfie metade de uma amêndoa nas extremidades que não foram cortadas.
    5. Passe um pouco de ketchup na parte cortada das salsichas. Assim, os dedos ficarão "sangrando"..


    0

    HALLOWEEN CHEGANDO



    0

    BANDEIRA DO BRASIL







    0

    AS BANDEIRAS DO BRASIL....


    A atual Bandeira Nacional foi adotada pelo decreto n.° 4, de 19 de novembro de 1889, quatro dias após a Proclamação da República (15 de novembro de 1889). Sua elaboração foi realizada por Raimundo Teixeira Mendes (positivista), Miguel Lemos (diretor do Apostolado Positivista do Brasil), Manuel Pereira Reis (astrônomo) e Décio Vilares (pintor).
    A bandeira do Brasil é formada por um retângulo verde, no qual está inserido um losango amarelo, cujo centro possui um círculo azul com estrelas brancas (atualmente 27) e com uma faixa branca, que contém a frase: “Ordem e Progresso”. Cada elemento da bandeira possui um significado:
    Verde: simboliza a pujança das matas brasileiras;
    Amarelo: representa as riquezas minerais do solo;
    Azul: o céu;
    Branco: a paz;
    Estrelas brancas: representa cada estado brasileiro e o Distrito Federal;
    A frase “Ordem e Progresso”: influência de Augusto Comte, filósofo francês fundador do positivismo.
    As estrelas na Bandeira Nacional estão distribuídas conforme o céu, na cidade do Rio de Janeiro, às 8 horas e 30 minutos do dia 15 de novembro de 1889, no qual a Constelação do Cruzeiro do Sul se apresentava verticalmente em relação ao horizonte da cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, Raimundo Teixeira Mendes elaborou um desenho contrariando alguns aspectos da astronomia, priorizando a disposição estética das estrelas, e não a perfeição sideral.
    A primeira versão da bandeira era composta por 21 estrelas, que representavam os seguintes estados: Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba do Norte (Paraíba), Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso, Município da Corte.
    Posteriormente, foram inseridas novas estrelas, através das modificações da Lei n° 5.443, de 28 de maio de 1968, que permite atualizações no número de estrelas na Bandeira sempre que ocorrer a criação ou a extinção de algum estado. Nesse sentido, seis estrelas foram inseridas para representar os estados do Acre, Mato Grosso do Sul, Amapá, Roraima, Rondônia e Tocantins. Essas foram as únicas alterações na Bandeira do Brasil desde que ela foi adotada.
    A Bandeira Nacional é um dos símbolos mais importantes do país, devendo ser hasteada em todos os órgãos públicos, escolas, secretarias de governo etc. Seu hasteamento deve ser feito pela manhã e a arriação no fim da tarde. A bandeira não pode ficar exposta durante a noite, a não ser que seja bastante iluminada.
    Durante toda sua história, o Brasil teve várias Bandeiras até que se concretizasse a atual. Confira todas elas:
     

    Bandeira de Ordem de Cristo (1332 - 1651)

    Bandeira Real (1500 - 1521)

    Bandeira de D. João III (1521 - 1616)

    Bandeira do Domínio Espanhol (1616 - 1640)

    Bandeira da Restauração (1640 - 1683)

    Bandeira do Principado do Brasil (1645 - 1816)

    Bandeira de D. Pedro II, de Portugal (1683 - 1706)

    Bandeira Real Século XVII (1600 - 1700)

    Bandeira do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve (1816-1821)

    Bandeira do Regime Constitucional (1821- 1822)

    Bandeira Imperial do Brasil (1822 - 1889)

    Bandeira Provisória da República (15 a 19 de Novembro 1889)

    Bandeira da República Federativa do Brasil (19 de Novembro de 1889 até os dias atuais).

    Por Wagner de Cerqueira e Francisco
    Graduado em Geografia
    Equipe Brasil Escola
     
    ©2010 Rachel Por Templates Rachel Melo