29 de setembro de 2010

4

DIA DAS CRIANÇAS - PARA COLORIR








0

Dia das crianças












0

PEDALINHO

(Bia Bedran)

Pedala, pedala

Pedala pedalinho

Me leva pra longe

Ben de vagarinho



O mar ta bonito

Tá cheio de caminhos

Pedala, pedala

Pedala pedalinho
0

Lua Bonita e Redonda


(Bia Bedran)

Lua bonita e redonda
Lá no céu a iluminar
Antes que se esconda
Venha aqui me contar
Se tem muita gente aí em cima
Voando em disco voador,
Se você é feita de queijo
Ou se no teu chão nasce flor
0

CIRANDA DO ANEL

(Bia Bedran
Composição: Bia Bedran )
Perdi meu anel no mar
não pude mais encontar
E o mar, me trouxe a concha,
de presente prá me dar.
Perdi meu anel no mar...
Olha a ciranda!
É debaixo do sol...
É debaixo da lua...
Bem no meio da praia,
bem no meio da rua.
Pé esquerdo prá fente,
pé esquerdo prá trás
Olha a onda do mar na
minha mão,
eu vou fazer uma onda do
mar.
É o peixinho que pula sem
parar,
mergulhando no azul da
onda do mar.
É a ciranda do anel que eu
vou dançar,
até o dia clarear.
Uma vez chorei na praia,
prá um anel que se perdeu
Meu anel que virou concha,
nunca mais apareceu.
Parou na goela da baleia,
ou foi pro dedo da sereia,
ou quem sabe um pescador
encontrou o anel,
e deu pro seu amor
2

Fico Assim Sem Você

(Adriana Calcanhotto
Composição: Abdullah / Cacá Moraes)
Avião sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola,
Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você

Por que é que tem que ser assim
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
vão poder falar por mim

Amor sem beijinho
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço,
Namoro sem amasso
Sou eu assim sem você

Tô louca pra te ver chegar
Tô louca pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço
Que falta no meu coração

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas
Pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo

Por quê? Por quê?

Neném sem chupeta
Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada
Queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você

Por que é que tem que ser assim
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
vão poder falar por mim

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo (2X)
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
1

MUSICA FOLCLORICA - ITALIANA -

La Bella Polenta/ Mérica, Mérica, Mérica

(Ragazzi dei Monti)

Quando si pianta la bela polenta,
la bela polenta si pianta così,
si pianta così, si pianta così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum.
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando la cresce la bela polenta,
la bela polenta la cresce così,
si pianta così, la cresce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando fiorisce la bela polenta,
la bela polenta fiorisce così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si smissia la bela polenta,
la bela polenta si smissia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si taia la bela polenta,
la bela polenta si taia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si mangia la bela polenta,
la bela polenta si mangia così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così, si mangia così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando si gusta la bela polenta,
la bela polenta si gusta così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smissia così,
si taia così, si mangia così,
si gusta così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

Quando fenisce la bela polenta,
la bela polenta fenisce così,
si pianta così, la cresce così,
fiorisce così, si smiscia così,
si taia così, si mangia così,
si gusta così, fenisce così.
Bela polenta così.
Cia cia pum, cia cia pum,
Cia cia pum, cia cia pum.

23 de setembro de 2010

1

SOL DE PRIMAVERA



23 de setembro, 16 anos que meu pai se foi... que me deixou sem eira nem beira... saudades de alguém muito, muito especial...de um Grande Amigo!

Pai, sei que está sempre conosco nos momentos de decisões... TE amo

22 de setembro de 2010

0

LEMBRANÇAS PARA A PRIMAVERA

RETIREI ESSAS SUGESTÕES DA NET... SE ALGUMA PERTENCER À VOCÊ, ME ACISE QUE DAREI OS DEVIDOS CRÉDITOS OK?
À TODAS, PARABENS PELA CRIATIVIDADE E BOM GOSTO.
0

SOL DE PRIMAVERA

Quando entrar setembro
E a boa nova entrar nos campos,
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou.
Juntos outra vez,
Já sonhamos juntos
Semeando as canções no vento,
Quero ver crescer nossa voz
No que falta sonhar.
Já choramos muito,
Muitos se perderam no caminho,

Mesmo assim não custa inventar

Uma nova canção.

Já choramos muito,

Muitos se perderam no caminho,

Mesmo assim não custa inventar

Uma nova canção...

Que venha nos trazer

Sol de primavera,

Abre as janelas do meu peito,
A lição sabemos de cor,
Só nos resta aprender.



Beto Guedes
1

matemática- adição

20 de setembro de 2010

 
©2010 Rachel Por Templates Rachel Melo