28 de maio de 2010

"Brincadeira de criança, como é bom, como é bom", já dizia aquela música. É muito bom mesmo e nós, adultos, temos uma pontinha de saudosismo toda vez que vemos alguma criança correndo no "pega-pega" ou pulando corda no quintal. Fato é que elas não precisam ficar no passado. Dá para aproveitar as brincadeiras infantis para entrar em forma de uma maneira divertida e nostálgica. "Para as pessoas que não se motivam com a academia, exercícios como bambolê, corda e patins são bastante indicados", indica a professora de educação física Sueli Nicolau Boaro, da Unesp.


É isso mesmo. Vale tudo menos ficar parado. Além de tudo, estas brincadeiras são ótimas porque podem ser feitas ao ar livre, trazendo, além de motivação, benefícios para o humor e para a autoestima. Só para ter uma ideia uma pesquisa recente feita pela Universidade de Essez, no Reino Unido, comprovou, por meio do acompanhamento com mais de 1,2 mil pessoas que bastam cinco minutos de exercícios físicos ao ar livre para colher benefícios significativos à saúde mental.

Mas, não são apenas vantagens para a cuca fresca. Os exercícios infantis, quando feitos disciplinadamente, oferecem grande gasto calórico e resistência física. No entanto, vale sempre lembrar que, antes de começar a fazer qualquer atividade física, é necessário passar por uma avaliação com profissional qualificado. "Só assim você descobrirá quais exercícios você poderá fazer e em qual intensidade", ensina a professora Sueli Nicolau. A seguir, veja por que adotar as brincadeiras da infância como parte de uma rotina saudável de exercícios físicos.


Pedale com vontade

A bicicleta é um dos poucos exercícios físicos que permite aumento da capacidade cardiovascular e dos níveis de energia, ao mesmo tempo em que tonifica e fortalece os músculos inferiores (pernas e o bumbum) . Além disso, a atividade promove gasto calórico. "Em um mínimo de 45 minutos de atividade, a pessoa pode perder até 400 calorias", diz a personal trainer Fernanda Andrade. O ideal é que o treino com bicicleta seja feito três dias na semana, pois um mesmo grupo muscular precisa de pelo menos um dia de descanso após a atividade física.

Deslize sobre rodinhas




Ande de patins para dar um chega pra lá no sedentarismo."Patinar é uma atividade que movimenta praticamente o corpo inteiro. Mas a atividade é garantia de barriga chapada e bumbum durinho. Para manter a estabilização e o equilíbrio, há bom desenvolvimento da coordenação motora, além de trabalhar os músculos das pernas, do glúteo, do tronco e do abdominal", ensina a personal Fernanda Andrade.

Vale lembrar que, para fazer essa atividade, não podemos nos esquecer de usar capacete, joelheiras e cotoveleiras, para evitar lesões e machucados.

Pule corda


Pular corda é um exercício contínuo e forte, que aumenta a circulação sanguínea e a oxigenação do corpo, promovendo melhora da capacidade cardiorrespiratória. "A corda trabalha os músculos do corpo inteiro, mas principalmente os flexores e extensores da coxa, além de desenvolver o equilíbrio físico e visual", ensina a professora da Unesp, Sueli Nicolau.

No entanto, a corda é um exercício muito intenso e, por isso, não é recomendado para qualquer um. O impacto dos pulos pode prejudicar joelhos, tornozelo e coluna. A especialista diz que pessoas com algum problema ósseo ou de articulação, como osteoporose e osteopenia, devem evitar os exercícios com corda.

Afine a cintura e afaste dores na lombar


É só um círculo feito de plástico, mas você mal pode imaginar os benefícios de incluir o objeto no seu treinamento diário. O bambolê é aliado de quem quer ter uma cinturinha mais fina. "É uma atividade de baixa intensidade. Boa para relaxar, pode ser feita entre um exercício e outro e ainda garante uma cintura mais firme e previne contra dores lombares. Isso porque o exercício trabalha com toda a estrutura do tronco e da musculatura da pelve e do abdômen", explica a personal Fernanda Andrade.

Bola pra frente


Os exercícios com bola estão super em alta nas academias. Pilates, Power Ball e Fitball são algumas aulas que as academias oferecem com o objeto lúdico. Mas, você pode usar a bola para treinar onde estiver. O gasto calórico é ótimo e há melhora na flexibilidade e na resistência muscular, já que você precisa, além de fazer a atividade, ter o controle da bola.

Fonte: http://www.minhavida.com.br/
1

DÉFICIT DE ATENÇÃO

Agrotóxicos podem aumentar risco de déficit de atenção em crianças

Estudo aponta que substância altera capacidade cognitiva e raciocínio lógico dos jovens

Um estudo da Academia Americana de Pediatria mostrou que o consumo de alimentos com agrotóxicos pode elevar os riscos de déficit de atenção em crianças e adolescentes.


Segundo os cientistas, jovens que tinham resíduos acima da média de um tipo de agrotóxico chamado organofosforado, bem comum nas lavouras, apresentaram risco de desenvolver o déficit de atenção duas vezes maior que o resto do grupo. Para testar a ligação entre os agrotóxicos, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, os cientistas fizeram uma pesquisa com mais de 1,1 mil crianças de 8 a 15 anos.

Entre elas, 119 foram diagnosticadas com o transtorno. Ao analisar o resultado dos exames de urina dos jovens comprovaram a ligação. Para os cientistas, isso acontece porque a substância compromete a produção de neurotransmissores responsáveis pela cognição e raciocínio lógico das crianças.

Este foi o maior estudo em relação ao efeito dos agrotóxicos sobre o comportamento infantil. Só nos Estados Unidos, o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade atinge 4,5 milhões de crianças e a metade toma medicamentos para tentar controlar o distúrbio.

Se os agrotóxicos também podem provocar isso, a orientação dos médicos é: lave bastante os alimentos antes de comer e procure os que são produzidos sem agentes químicos. O TDAH tem origem genética e, em geral, manifesta-se na infância, caracterizando crianças muito criativas, mas difíceis de lidar (elas são muito agitadas e, não raro, têm o comportamento confundido com falta de educação).


Segundo a Associação Brasileira de Déficit de Atenção, cerca de 60% das crianças com o transtorno chegam à idade adulta sem saber disso. Depressão, ansiedade, desatenção, esquecimentos, desmotivação, irritabilidade e dificuldades de relacionamento são alguns dos sintomas relacionados ao transtorno.

Mas, como todos esses sinais identificam várias doenças, fica difícil fazer o diagnóstico sem uma avaliação clínica detalhada. Às vezes, nem o paciente desconfia de nada e perde qualidade de vida por não saber que existe tratamento para aquela condição. Além da psicoterapia, os cuidados incluem medicamentos receitados por um psiquiatra.

Fonte: MInha Vida, Saúde, Alimentação e Bem Estar.(http://www.minhavida.com.br/)

23 de maio de 2010

1

Mais um Prêmio...

Recebemos este selo do blog: "Aprendizes do Beija Flor" http://aprendizesdobeija-flor.blogspot.com/2010/05/premio-dardos.html?showComment=1274623190245_AIe9_BFcsnkI8HZgsbNOJBxDrHxPRVxPBSfUjUDCxeA_Me_lSa4Cn4SvypiwwB25uevH25j6CdeE9yo70N-UW_6qBhfmoGkJ7MsfDgrRkTNsWp-JR2GoGOVXL58PHrBL94bpxLyWILypwIIQR2Un6YbsrK5A8vXMiYt4LQrAxm0RO-JIs7Y4iLfoe8fEI6amrh7KM7dLU1bIcFj5SubtbTUYQ8C1txR1WPLxqW0-DZGmPmwdCRnaMA0#c6288218480460797547
Para aceitar o Premio é preciso aceitar as seguintes regrinhas:

Linkar o blog que te ofereceu:

Indicar 10 blogs que merecem recebê-lo:


Esta é a tarefa mais difícil, pois todas são merecedoras, vou aproveitar para fazer uma homenagem as mulheres, que são o alicerce de nossa educação :



Vou postar aqui o significado desde selo, que foi pesquisado pelas autoras do "Aprendizes do Beija-Flor"  e postado no Blog delas.

"Com o PRÊMIO DARDOS se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais etc., que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web".

18 de maio de 2010

1

Tendências Pedagógicas - Etapa 1

Quadro comparativo entre as diferentes Tendências Pedagógicas e suas características.

Click no link abaixo.

Tendências Pedagógicas - Etapa 1

Boa leitura!

14 de maio de 2010

2

PRESENTE MARAVILHOSO - DIPLOMA PROFESSOR NOTA 10

Fiquei orgulhosissima de receber este diploma... é tão bom ser reconhecida por sua dedicação... e olha que me dedico mesmo....
Agradeço de coração a amiga blogueira Gi  Barbosa do Blog IDEIAS CRIATIVAS (http://gibarbosa1.blogspot.com/)
 Vou postar para dividir com voces....



9 de maio de 2010

4

ATIVIDADES DE MATEMÁTICA - NUMEROS -QUANTIDADES





1

DATAS COMEMORATIVAS DO MÊS DE JUNHO


01 · Semana Mundial do Meio Ambiente

01 · Dia de Caxias
01 · Primeira transmissão de TV no Brasil
01. Dia da Imprensa
03 · Dia Mundial do Administrador de Pessoal
03 · Pentecostes
03 . Corpus Christi
05 · Dia da Ecologia
05 · Dia Mundial do Meio Ambiente
07 · Dia da Liberdade de Imprensa
08 · Dia do Citricultor
09 · Dia do Porteiro
09 · Dia do Tenista
09 · Dia da Imunização
09 · Dia Nacional de Anchieta
10 · Dia da Artilharia
10 · Dia da Língua Portuguesa
10 · Dia da Raça
11 · Dia da Marinha Brasileira
11 · Dia do Educador Sanitário
12 · Dia do Correio Aéreo Nacional
12 · Dia dos Namorados
13 · Dia de Santo Antônio
13 · Dia do Turista
14 · Dia do Solista
14 · Dia Universal de Deus
17 · Dia do Funcionário Público Aposentado
18 · Dia do Químico
18 · Imigração Japonesa
19 · Dia do Cinema Brasileiro
20 · Dia do Revendedor
21 · Dia da Mídia
21 · Dia do Imigrante
21 · Dia Universal Olímpico
21 · Início do inverno
24 · Dia das Empresas Gráficas
24 · Dia de São João
24 · Dia Internacional do Leite
26 . Dia do Metrologista
27 · Dia Nacional do Progresso
28 · Dia da Renovação Espiritual
29 · Dia de São Pedro e São Paulo
29 · Dia do Papa
29 · Dia da Telefonista
29 · Dia do Pescador

2 de maio de 2010

2

ATIVIDADES PARA INFORMAR E COLORIR -REFERENTES A GRIPE H1N1

A maioria dessas atividades eu retirei da http://www.turmadamonica.net/, além dessas atividades, tem videos informativos, ótimos para as crianças aprenderem um pouco mais sobre a doença.
Vale a pena conferir.

 
©2010 Rachel Por Templates Rachel Melo